quinta-feira, 23 de julho de 2009

A Armadilhas dos Anti-Democrátas : O Relativismo!


(DO COTURNO NOTURNO) Hoje Lula disse a mesma coisa que Maluf, na sua célebre frase: "estupra, mas não mata!".

Sobre os escândalos que se acumulam no Senado, graças ao seu patrocínio pessoal a corruptos como José Sarney e Renan Calheiros, Lula declarou:

"Precisamos saber o tamanho do crime. Uma coisa é você matar, outra é roubar, outra é pedir emprego, outra coisa é relação de influência, outra é lobby".

Como se vê, em relação às leis do país, Lula é adepto do Paulo Maluf. Para Lula, empregar alguém que nunca apareceu para trabalhar não é roubar os cofres públicos. Para Lula, contratar empresas de
"laranjas" pelo triplo do preço, não é crime contra o patrimônio. Para Lula, ter direito a uma vaga sem concurso, apenas por ser parente, não significa perdas para o erário. Para Lula, assim como para Maluf, pode estuprar, desde que não mate. Esta é a Lei do Lula.

Comento: "Precisamos ver o tamanho do crime".
Quer pior armadilha relativista que esta?
O pior que o povão adora este politicamente correto.
Tomara que a mulla se lambuze e afunde com Sarney

Um comentário:

  1. Eu tambem espero Stenio. Eles tropecarao em alguma coisa e nos os ajudaremos com um empurraozinho e lula entao caira bem la no fundo de uma cela bem malcheirosa e suja que e onde ele ja deveria estar desde o escandalo do mensalao em 2005. Espero que isso nao demore que a paciencia ja esta no fim!

    ResponderExcluir