sexta-feira, 31 de julho de 2009

'Brasil pode eleger presidenta'


Ao lado de Michele Bachelet, Dilma diz que país já tem maturidade.

SÃO PAULO. Depois de tomar café da manhã com a presidenta do Chile, Michelle Bachelet, primeira mulher a se eleger para o cargo na América Latina, a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) disse ontem que os brasileiros já têm maturidade política para eleger uma mulher para o Palácio do Planalto. A petista é a preferida do presidente Luiz Inácio Lula da Silva para disputar a sucessão dele ano que vem.

— Não vejo por que o Brasil não tenha (maturidade) para eleger uma presidenta. Pode ter metalúrgico, negro, e pode ter uma presidenta.

O Brasil está maduro politicamente para perceber que sua multiplicidade pode ser representada de várias formas — disse Dilma, que, depois do café com Michelle Bachelet, passou por mais uma sessão de radioterapia no Hospital SírioLibanês, onde faz tratamento contra câncer linfático.

Para a ministra, as mulheres enfrentam uma série de preconceitos na política, situação que, porém, pode mudar: — Em dez anos talvez isso não tenha importância porque haverá experiências de mulheres em vários cargos, vários níveis — disse, citando ainda a eleição do presidente dos EUA, Barack Obama, como sinal de mudança, “porque abre precedente para que outros negros postulem a Presidência ou outros cargos”.

Dilma falou de um possível paralelo entre a “mãe do Chile”, como Bachelet tem sido chamada em seu país, e a “mãe do PAC”, como Lula costuma se referir a ela.

— A imagem da mãe é de proteção, cuidado. Cuidado para o povo e para dirigir sua casa.

Mais tarde, em entrevista ao lado de Lula, Bachelet afirmou que a experiência de Dilma na coordenação do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) merece ser compartilhada com os sul-americanos, e disse que a convidou para visitar seu país em setembro. A chilena falou sobre o encontro com Dilma: — Foi uma conversa muito interessante, em especial sobre o projeto de infraestrutura que ela está tocando. A experiência do Brasil nessa área é digna de ser compartilhada com outros países.


Portal Clipping
O GLOBO

Nenhum comentário:

Postar um comentário