quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Análise Política atual rumo 2010


do Coturno Noturno

Política no Brasil é mais simples do que se imagina. Até um sujeito de coturnos furados é capaz de fazer uma análise curta e grossa, sem muitos floreios.

Marina Silva representa votos roubados de Dilma Rousseff. Votos de jovens universitários, votos evangélicos e votos da esquerda digamos assim autêntica, que está no PSOL, PSTU e escondida debaixo da cama no PT. Não leva um só voto de José Serra. Com isso, Lula terá que incentivar o que não queria: o lançamento de mais candidatos, a exemplo de Ciro Gomes, para, em primeiro lugar, haver segundo turno e, se houver, que a candidata da mentira esteja lá. Aí conhecemos o Brasil. Como Serra vai fechar o primeiro turno com larga vantagem sobre o segundo lugar, terá tanto o apoio tácito de Marina Silva quanto o explícito do fisiologismo digamos assim autêntico do PMDB, bem como dos empresários e das categorias que hoje vivem em lua-de-mel com Lula.

Este, por sua vez, terá dois caminhos: continuar sendo o Lulinha paz e amor, aliar-se à Serra e impedir investigações sobre o seu governo ou declarar guerra ao futuro presidente, iniciando a sua campanha para 2014, tendo a certeza de uma devassa sobre os seus oito anos no comando do país, o que é um risco e tanto.

A estas alturas, Lula já sabe que a candidata da mentira acabou e não se elege nem amarrada. Deu tudo errado na estratégia de Lula: PAC, candidata e governabilidade à custa dos valores sempre defendidos. O virtual presidente do Brasil é José Serra. Mas este é outro problema.

2 comentários:

  1. O pmdb, não tenha dúvidas, estará na primeira fila a apoiar o vencedor desta eleição, não importa qual seja. Até estarão separados em duas alas para garantir o efeito "mamata".

    ResponderExcluir
  2. Este é outro GRANDE problema..

    ResponderExcluir