sábado, 5 de setembro de 2009

A Verdade sobre : "O Petróleo é nosso"!!!


Do Coturno Noturno:

O discurso ufanista do "petróleo é nosso", arquitetado pela máfia petista, que tem na mentirosa compulsiva a representante mais simbólica do seu jeito de fazer política, não resiste a um discurso populista, realizado pela oposição, tampouco a um discurso politicamente correto. A balela do "petróleo é nosso" não resiste a duas explicações muito lógicas, que serão entendidas facilmente pelos eleitores.

Explicação 1 - A populista e demagógica

Se o "petróleo é nosso", por que a Petrobras investe tanto dinheiro lá fora e não deixa todo o nosso dinheiro aqui dentro, para que o petróleo do pré-sal venha mais ligeiro, para resolver os nossos problemas da fome e da educação?

A senhora e o senhor sabiam que a Petrobras, onde a Dilma é presidente do Conselho de Administração, investiu R$ 25 bilhões pelo mundo à fora, para produzir "petróleo que não é nosso"? E que vai investir mais R$ 31 bilhões até 2013, na Venezuela, na Angola, na Bolívia, no Equador e em Cuba, entre outros países? Se o "petróleo é nosso", por que a Dilma, que é presidente do Conselho de Administração da empresa, quer gastar o nosso dinheiro, o dinheiro do Brasil, para produzir "petróleo que não é nosso"?

A Dilma e o PT acusam o governo Fernando Henrique Cardoso de querer privatizar a Petrobras, mas vejam a diferença: enquanto FHC investiu R$ 5 bilhões lá fora, a Petrobras, onde quem manda é a Dilma, investiu R$ 15 bilhões! E agora quer investir mais R$ 30 bilhões na Venezuela, na Bolívia, no Equador e em Cuba. Afinal de contas, quem é que está entregando a Petrobras para os estrangeiros? Quem é que está tirando dinheiro aqui do Brasil para tirar "petróleo que não é nosso" lá do fundo do mar?

Queremos uma Petrobras brasileira! Chega de mandar dinheiro para o Chávez, para o Fidel, para o Evo Morales, que nos tirou duas refinarias, para o Rafael Correa, que nos expulsou de lá, e botar mais dinheiro no Brasil. Com este dinheiro que a Petrobras gasta lá fora, para tirar "petróleo para os outros", poderia ser feita mais uma refinaria no Ceará, outra no Rio Grande do Norte, sem precisar do Chávez!

Não adianta a Dilma falar que o "petróleo é nosso", enquanto a Petrobras manda o nosso dinheiro para outros países, para produzir o "petróleo dos outros".

Explicação 2 - A politicamente correta.

Você sabia que graças à lei do petróleo, aprovada pelos tucanos, a Petrobras tornou-se a oitava maior empresa do mundo? Se a Petrobras tivesse ficado fechada, como os petistas queriam quando estavam na oposição, vocês acham que ela estaria explorando petróleo no mundo inteiro? Você sabe: para trabalhar em outros países, você precisa deixar os outros trabalharem no seu país. É uma troca que dá lucro para todo mundo. Tanto é que, depois que FHC mudou a lei do petróleo, a Petrobras só cresceu, se transformando na oitava maior empresa do mundo!Então vamos convidar você para viajar pelo mundo, para ver onde a Petrobras está, graças a ela ter se tornado uma multinacional brasileira (citar dados do relatório 2008 da empresa, na página 74).

Depois de ver a nossa Petrobras fazendo sucesso no mundo, só temos a dizer uma coisa: a Dilma nao acha isso ruim, não. Ela, que sempre mandou na empresa, pois era a presidente do seu Conselho de Administração, tornou a Petrobras ainda mais multinacional: os investimentos no exterior triplicaram, saltaram de R$ 5 bilhões para R$ 15 bilhões. Dilma viu o quanto estava certo fazer a Petrobras crescer lá fora . Tanto é que, agora, em vez de acelerar o pré-sal, pretende botar mais R$ 30 bilhões em outros países, três vezes o dinheiro da Bolsa Família. Se a Petrobras tivesse que cair nesta conversa mole do "petróleo é nosso", ela deixaria o dinheiro aqui, não é mesmo?

Então, quando a Dilma falar essa bobagem do "petróleo é nosso", pergunte para ela: mas quando o "petróleo não foi nosso"? Ela vai ficar sem ter o que responder, pois a Petrobras não seria tão grande no mundo inteiro, se o Brasil tivesse ficado fechado para o mercado.
......................................................................................................
É difícil? Não, basta ter oposição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário