quarta-feira, 21 de outubro de 2009

PT e PMDB


O artigo 36 da Lei Eleitoral determina que a propaganda comece só depois do dia 5 de julho do ano da eleição. A propaganda antecipada, esclareceu um acórdão do TSE, “é caracterizada pela existência simultânea de três condições: a induvidosa intenção de revelar ao eleitorado o cargo político que se almeja, a ação que pretende o beneficiário desenvolver e os méritos que o habilitam ao exercício da função". A excursão pelo rio São Francisco atendeu exemplarmente aos três quesitos.

No Brasil, como se sabe, leis são como vacinas: algumas não pegam. A sequência de comícios disfarçados de “vistoria de obras” reafirma que, para o presidente Lula e a ministra Dilma Rousseff, a Lei Eleitoral não pegou. Ou o Judiciário mostra que ambos estão errados ou declara oficialmente aberta a campanha de 2010.

Um comentário:

  1. Stenio!

    O cefalópode e seus seguidores estão em campanha aberta, escancarada. As palavras do presidente do STF sobre governabilidade foram.de certo modo, ditas para distrair. A foto de Lula, Dilfoma e Ciro (o plano B caso o linfoma volte...) nas obras de transposição estão por aí na imprensa, eles estão aparecendo, gastando, passeando. Infelizmente, o TSE, é outro orgão recheado de incomPTentes partidários. Se, como tu diz, o TSE declarar que está aberta a corrida presidencial, mais uma vez estaremos em desvantagem pq. a "oposição" não sabe o que quer, ainda não se decidiu...e tamanha indecisão é um tanto ridícula pq. até parece que eles tem muitas opções de escolha. Como ocorreu em eleições passadas (não sei se isto é proposital) o trem está passando e eles ficam acenando na estação.
    Durma com um barulho desses.

    ResponderExcluir