quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Frase infeliz


"Os congressistas têm, de vez em quando, de lembrar as figuras que fizeram alguma coisa importante no nosso país, porque somos um país sem muitos heróis. Talvez porque nós fomos sempre colonizados e colônia não pode ter herói, então, temos vergonha de reconhecer nossos heróis.

Acho que precisamos saber de todas as pessoas que tentaram, em algum momento, construir alguma coisa importante e não ter vergonha de começar a criar nossos heróis, senão as pessoas vão morrendo, vão ficando desapercebidas e daqui a pouco só é herói aquele que está na novela e morre."


Luis Inácio Lulla¹³ da Silva, no Recife, dizendo que o País precisa prestigiar os seus "heróis", como o guerrilheiro de esquerda Carlos Marighella, morto em 4 de novembro de 1969, há 40 anos.

Um comentário:

  1. Stenio!

    O presidente imbecil poderia ao menos escrever seus discursos. O pior de tudo é o IDIOTA puxa saco, que escreveu isto para o ENERGÚMENO PAPAGAIO repetir... Caso eles não saibam, O Brasil tem heróis e sempre foram reverenciados. O LARÁPIO não sabe que quem costuma fazer reverência com o chapéu alheio SÃO OS ESQUERDÓIDES COMO ELE. É SÓ REPARAR QUE FIGURA ILUSTRA AS CAMISETAS E O IMAGINÁRIO DOS PORCOS.
    De qualquer forma contentarei o gigolô metalúrgico, COMEÇAREI USANDO CAMISETAS COM AS FOTOS DE MARIGHELLA E LAMARCA MORTOS...
    Se os heróis de Cazuza morreram de overdose e ele terminou como terminou; se os heróis do presidente morreram baleados....boa sorte presidente em suas visitas ao RJ!

    ResponderExcluir