segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Que os bons caiam fora!


O DEM quer primeiro ouvir as ponderações e justificativas do governador José Roberto Arruda, hoje à tarde, antes de tomar uma decisão. O DEM deveria ouvir rádio. O DEM deveria ler jornais. O DEM deveria assistir Fantástico e Jornal Nacional. Mas o DEM prefere ouvir o corrupto, o mensaleiro, o trambiqueiro. O que o DEM precisa é de um abaixo-assinado de deputados e senadores comunicando a sua imediata desfiliação, se o safado não for expulso já. Alguém acredita que o DEM possa ter um gesto assim?


É completamente irrelevante discutir se, tecnicamente, o mensalão do Arruda é ou não é o "mensalão do DEM". É óbvio que é, porque assim será entendido pelo eleitor que, durante o horário eleitoral, assistirá repetidas vezes as cenas nojentas de um governador embolsando dinheiro de propina. Arruda é o DEM? Mas é claro que José Roberto Arruda é o DEM. É o único governador do DEM. É a maior autoridade eleita do DEM. Não existe ninguém no DEM com um cargo tão importante. Em segundo lugar vem Gilberto Kassab, prefeito de São Paulo. Prefeito! Não governador! Em trinta segundos, qualquer marqueteiro de quinta categoria destrói o DEM usando aquelas imagens. Basta colar cenas do DEM falando do "mensalão do PT" com cenas ao vivo e a cores do "mensalão do DEM". O DEM deveria ter desfiliado com estardalhaço o seu único governador, na hora em que tomou conhecimento dos fatos. Com indignação. E retirar-se para um silêncio obsequioso, para não atrapalhar os outros nas eleições de 2010. Trabalhar quietinho, na surdina. Tomar um chá de sumiço. Hibernar. Devolver o comando do partido a quem saiba presidí-lo em silêncio. Colocar o janotinha carioca a lutar pela sua cadeira de deputado regional do Rio, que é o máximo que ele deveria almejar. 90% do discurso demo já foi para as cucuias. E foi embora de uma forma irreversível, junto com os 10% de comissão que o seu único governador eleito pegava para comprar panetones para os pobres. Ora, façam-me o favor!
...................................................................
O que o DEM vai descobrir é que o eleitor de direita é um eleitor sério. Não admite este tipo de falcatrua. Luta contra isso. É implacável na defesa dos cofres públicos, da honestidade e da decência. É isso que diferencia o eleitor de direita do eleitor de esquerda. O DEM, ao não agir rápido, está assinando o seu próprio atestado de óbito. Dinheiro na meia? Panetone? O DEM deveria, além de expulsar, processar Arruda por danos morais.


Coronel

Um comentário:

  1. Só pra constar : sou um destes eleitores de Direita.
    Enterro inoportuno para o DEM!
    Não dá pra aturar mais Arrudas, ACMs tornando-nos esse aborto da natureza, que é ser dieritista hj emn dia!

    ResponderExcluir