segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Indelicadeza


Na simulação em que Serra aparece como candidato, ele poderia vencer a disputa no primeiro turno: tem 38% dos votos contra 36% dos adversários. Como a margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos, seria apenas uma possibilidade. Mas é remota: afinal, 12% dos entrevistados não disseram a sua preferência, e 13% afirmaram que anulariam o voto ou votariam em branco. Somados os dois índices, há um mar de eleitores aí.

O mais provável é que a disputa presidencial do ano que vem se decida no segundo turno, e eu não vejo uma boa razão — ou vejo um só — para a Confederação Nacional da Indústria, ou qualquer outro cliente que encomende uma pesquisa, não perguntar ao eleitor o que ele faria nesse caso. Ninguém quer saber para quem migrariam os votos de Ciro caso Serra dispute com Dilma? A razão possível é a probabilidade de Serra estar muito à frente, e o governo pode achar isso uma indelicadeza…





Reinaldo Azevedo

Nenhum comentário:

Postar um comentário