terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Veja para onde vão os impostos...



Um funcionário da Universidade Federal do Ceará é o servidor mais bem pago do Poder Executivo federal com rendimento mensal de R$ 46.430,42, informou hoje o Ministério do Planejamento em portaria publicada no "Diário Oficial" da União desta terça-feira.

Um decreto de 2000 obriga o ministério a publicar, a cada quatro meses, os valores do maior e do menor salário dos ministérios, fundações, agências, universidades e outras entidades sob administração federal. O levantamento divulgado hoje mostra que o menor salário está no Comando do Exército, onde um funcionário recebe R$ 823,14 mensais. A média salarial é de R$ 4.000.

A tabela, feita com base em informações do Siape (sistema que administra o funcionalismo federal), revela que cinco servidores recebem acima do teto de R$ 25.725, correspondente ao dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal). O ministério explica que isso se deve ao pagamento de sentenças judiciais.

O servidor da universidade do Ceará tem remuneração básica de R$ 18.975,05, mas uma decisão judicial incorpora R$ 27.455,37 ao salário dele. Mesmo com um corte mensal de R$ 9.294,32, o funcionário recebe R$ 37.136,10.

Também ganham acima do teto um funcionário do Centro Federal de Educação Tecnológica da Paraíba (R$ 33.232,39), um da Universidade Federal do Acre (R$ 32.202,63), um da Universidade Federal de Minas Gerais (R$ 28.732,27) e um da Universidade Rural Federal do Rio de Janeiro (R$ 28.251,78).

O levantamento divulgado traz apenas os valores brutos sem contar os descontos de impostos e contribuições.



Folha Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário