quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

ÉTICA e paradoxos

Pois,
vamos falar de ética e paradoxos.
Porque nos dias de hoje, o fio do bigode não vale mais nada, e porque a ética foi enclausurada nas gavetas do sótão?
Porque insistimos em fazer certas coisas que sabemos erradas?
Os dilemas éticos são vários;
-Escolhas erradas, os caminhos mais fáceis, a trapaça infalível, não ter prazer pelas disputas, etc...
Já escrito em outro tópico, a Bíblia é o mais antigo livro sobre moral e ética, é o primeiro livro a resgatar a genealogia de um povo. Instala-se o paradoxo entre a justiça dos homens e a justiça de Deus, ao perdoar os imorais e anti-éticos.
Porém, o perdão divino é somente para os que verdadeiramente se arrependem, na justiça dos homens, não há arrependimentos.
A ética de que devo ganhar mesmo roubando, aniquilando e difamando, do que perder com honestidade e moral, é a base da política e das mutretas brasileiras.
Houve uma época em que matava-se pela honra difamada, e a desculpa era o amor, hoje se mata pelos mesmos motivos, e a prolixa desculpa é um código penal de 1940, muito pior que os códigos éticos da Bíblia.
Difícil acreditar que os códigos de ética, tornam-se nos dias de hoje dificuldades no cotidiano.
Acabamos de eleger uma nativa filha de búlgaros para presidente do Brasil.
Quebramos em definitivo ó último alicerce da ética e da moral que nos mantinha vivos, simplesmente decidimos que não brasileiros com estigma para assumir o comando da nação, copiamos o "tio sam", porém pecamos na qualidade.
Além de ajudar cuba, venezuela, Haiti (esse merece maiúscula), agora vamos fazer humanismo na Bulgária.
Os apaniguados do mensalão, do dantas, do marcos valério, estão todos com cargos no primeiro escalão do governo, pior é que nossa ética de jecas, chama a presidente de terrorista, quando seu oponente também era, um esquerdóide medíocre.
A burguesia plebéia instalou-se no Brasil, e não é fácil demovê-los.
O paradoxo, notabiliza-se pela cultura imbecil de elegê-los.
Pior que quando se fala em candidatos para 2014, clama aécio neves, tal qual o avô pernóstico, outro parasita vermelho.
Aqui não se pratica o islamismo, mas os aiatolás estão lá em brasília( não merece maiúscula) ditando o alcorão feito em 1988, para governar os pulhas e sustentar a caterva.
bom dia

Nenhum comentário:

Postar um comentário