sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

O BRASIL PAROU....

Pois,
Não sou contra nenhuma manifestação pelo estado democrático.
Não escrevo de direito, porque um estado democrático supõe-se ser de direito.
- Quando matam um traficante, fazem protestos, impedindo o direito de ir e vir, queimam coletivos, automóveis privados e caminhões.

- Quando um inocente é morto por balas perdidas, fazem protestos, impedindo o direito de ir e vir, e novamente queimam coletivos,, caminhões e propriedades privadas.

- Quando protestam contra o aumento das passagens, impedem o direito de ir e vir, queima coletivos, quebram bancos, rapinam lojas e super-mercados, destroem patrimônios privados e públicos, bancas de jornais, lanchonetes, é o supra sumo da ignorância, e clama por estado de direito.
- Agora o protesto da gasolina, impedindo o direito de quem quer trabalhar, estragando toneladas de alimentos perecíveis, produtores jogando fora suas produções, postos de combustíveis dobrando o preço dos seus produtos, no famoso compra quem quer  e quem pode.

Todos protestos são justos e ao mesmo tempo beócios e improducentes, justamente nós o povo é que vamos pagar a conta, mas os protestantes fazem de conta que não sabem de nada, imitando o retirante de garanhuns.
Essa greve de professores, resolve-se facilmente, colocando todos no olho da rua, com a educação fornecida pelo governo não precisamos de educadores. Deveriam colocar todos no serviço público de segurança da sociedade. Sem educação a única coisa producente é a criminalidade.
Chamar o Brasil de não ser um país sério é piada. aqui levamos a sério a corrupção, a criminalidade, o tráfico de drogas, armas e influência.


Agora o protesto dos caminhoneiros, com razões legítimas, e novamente quem sofre é o povo com o desbastecimento e o sobre preço das mercadorias pelos mercadores corruptos.

A atitude do governo de multar os trabalhadores do setor em 10000 reais é absurda e inconstitucional.
Onde e quando o governo irá multar e punir os corruptos do sistema único de corrupção brasileira?
O "SUCOBRáS"  (Sistema Único de COrrupção Brasileira) é inadmissível  mas o povo se contenta, com migalhas.
Enquanto a mula convoca os asnos do MST, como se fossem  fossem forças armadas para defender a corrupção, nós do povo deveríamos chamar o CV e o PCC  para nos defender, afinal estão mais bem armados que a polícia e as forças armadas.

As máfias criminosas ainda vão cobrar pedágio do povo para proteção contra assaltos e as firmas de seguranças.
Aliás, pensando bem seríamos muito mais  protegidos.
É muito melhor ser protegido pela criminalidade do que sustentar a corja corrupta brasiliense.
FUI...


Nenhum comentário:

Postar um comentário