segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

AME-0 OU DEIXE-O

Pois,
Impasse é uma situação sem controle.
Não podemos falar de parlamentarismo com um congresso corrupto.
As ações de colocar apaniguados corruptos nos ministérios pelo presidente, lembram o pseudo parlamentarismo do segundo império brasileiro.
Poucos devem saber, mas Dom Pedro II sofreu um golpe legislativo tal e qual sofreu Dilma.
Em ambos os casos o parlamento corrupto prevaleceu.
Não sou militarista, mas tanto a revolução de 1930 quanto a de 1964, foram militares.
Pior que isso foram nosso melhores anos.
Nosso presidencialismo não é igual ao americano, é apenas um pseudo parlamentarismo às avessas.
Não elegemos parlamentares, apenas mitomaníacos corruptos.

Nosso sistema jurídico não é romano nem "common Law" americano.
Aqui permanece o direito dos manos desde o Império.
O sistema jurídico americano é o mais econômico e o mais justo, mesmo cometendo injustiças.
Nosso sistema jurídico é para apaniguados.
Fazem-se tribunais para justiça do trabalho.
Fazem-se delegacias para menores e mulheres.
Fazem-se leis para cumprir-se leis, tais como:
Homofobia, racismo, feminicídios, idosos e adolescentes.
Nosso país tem 3 vezes mais pessoas no judiciário que os americanos.
Cágados andam mais depressa que nosso processos.
Enquanto a suprema corte americana julga somente processos federais, nosso STF julga até hábeas corpus de criminosos comuns.
Na América criminosos presos em flagrante não tem direito à apelações.
Aqui condenados em segunda instância recorrem ao supremo.

Não podemos fechar as empreiteiras da corrupção, serão milhares de desempregados e centenas de obras paralisadas, temos de fiscalizá-las depois de licitadas.
Em países honestos investigados por corrupção pedem demissões de seus cargos.

A mitomania brasileira produz boatos e fofocas.
Tem alguns imbecis que pedem a volta da monarquia.
Ora, vivemos a monarquia do executivo e a complacência legislativa com apoio do judiciário.
Três poderes distintos é uma mentira da porra.
Precisamos de novas leis trabalhistas. Àquelas que os empregados acordam com seus patrões.
Precisamos de novas posturas previdenciárias, dando igualdade a todos os cidadãos do país.
Agora em minha opinião todo e qualquer serviço que a idade interfira nos seus julgamentos profissionais, tem de ter aposentadorias antecipadas. Militares, policiais civis e militares de combate à criminalidade e à defesa do país não podem fazê-las aos 65 anos.
Temos a classe de aviadores, que não podem mais comandar aeronaves aos 65 anos.
Porém não é justo um sujeito ganhar 2 aposentadorias do erário.
Enquanto sindicatos americanos administram fundos de pensões e protegem seus afiliados, no Brasil são tentáculos de partidos políticos roubando trabalhadores.
Aqui há federações de sindicatos dos sindicatos.

O impasse está posto.
Somente podemos mudar pela força ou voto.
Como ninguém nesse país quer ser herói, convocam as forças armadas.
Os corruptos se defendem com as associações criminosas, provocando a desobediência civil.
Ou nos associamos ao PCC, ou voltamos ao velho lema:
AME-O OU DEIXE-O.
fui...


Nenhum comentário:

Postar um comentário