quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

BOAS FESTAS

Pois,
Que venham as boas festas.
Festejamos o NATAL e  a a convenção humana da entrada de um novo ano.
Nossos sentidos é a principal fonte de nossos conhecimentos.
Tudo que sabemos, a capacidade de juntar as informações provenientes de cada um de nossos cinco sentidos, constroem a percepção sobre os objetos e outros seres humanos.
Quanto maior, diferente  e sensorialmente variado for o conhecimento maior o enriquecimento emocional.
São os estímulos cerebrais a complexidade da mente humana.
Somos lobos do mar construindo castelos de areia à espera da onda que o destruirá.
Aprendemos sobre NATAL e festas de ano novo, puras convenções.
Porém fica a dúvida se festejaremos outros natais e fins ano?
Eu festejo a vida.
Não sou fatalista, sou um eterno realista.
Devemos agradecer e ter gratidão à natureza que nos concede viver esses momentos.
Como sempre escrevi, somos todos niilistas.
Niilistas hipócritas a pedir que deuses abençoem, proteja e dêem festas melhores aos outros seres humanos.
Eu peço a cada ano que nossos governantes consigam dar vidas melhores aos necessitados.
Àqueles que resgatam as sobras da noites abastadas dos milionários e falsos ricos.
Devemos espiar nossas atitudes.
Desejo a todos que tenham boas festas consagrando suas famílias.
Eu votei para mudar o Brasil.
Se vai dar certo, não sei, mas  tenho grandes expectativas.
Sou apenas um humano, com humanos desejos.
Devemos sempre dar chance às alternativas.
Nosso cérebro juntou informações suficientes do que não está certo.
Não posso mudar o mundo, nem o sistema sensorial de ninguém.
Que todos sejam felizes sem prejudicar ninguém.
Isonomia para todos é o melhor presente de papai Noel.




Nenhum comentário:

Postar um comentário