quarta-feira, 9 de maio de 2012

AERUS e a VARIG

Pois,
A VARIG morreu.
Numa manobra subversiva de governos incapazes.
Primeiro foi Collor com seus planos absurdos, depois os estados federados cobrando 90 dias de ICMS adiantados. A abertura do espaço aéreo brasileiro para as gigantes americanas paralisou as empresas brasileiras. A VARIG  ingressou na justiça contra a defasagem tarifária em 1992, engraçado que pagaram essas diferenças para a TRANSBRASIL e a VASP que logo depois fecharam suas portas.
A nova lei de falências beneficiou o comprador, 16000 funcionários foram demitidos sem receber rescisórias trabalhistas, e muitos sequer tinham FGTS e INSS depositados.
O instituto de pensão AERUS administrado pela VARIG, conseguiu junto ao MPS 21 negociações de dívida se sequer ter cumprido a primeira e 18000 funcionários ficaram sem suas contribuições.
Em 2006 o governo devia cerca de 23 bilhões de reais para a VARIG, segundo cálculos do site www.espacovital.com.br, 25 bilhões de dólares foi a ajuda do governo americano às empresas aéreas após o 11 de setembro.
Toco no assunto porque em junho acabará a pensão de cerca de 6000 famílias.
O senador petista PAULO PAIM elegeu-se 2 vezes com essa bandeira de defender aumento dos aposentados e o ressarcimento da união ao instituto de pensão, infelizmente elegeu-s e ficou nas promessas.
O STF não julga o processo da defasagem tarifária, mas deferiu que o tribunal de falências tem superioridade à todas as leis trabalhistas.
Foi criada uma liminar para que empresas em falências compradas, o comprador fica isento dos débitos trabalhistas.
Vejo que aqueles três poderes independentes da república brasileira são na realidade uníssonos.
Vivemos uma DEMOCRATURA DE EXECUTIVO, que compra o congresso e manipula o judiciário.
Agora temos uma PIZZA nova para os congressistas mostrarem serviço, a Comição Para-alimentar Muitos Inguinorantes, que começou com uma cachoeira, mas vai terminar em cascatinha.
O início desta zorra já se deu no governo OLÍVIO DUTRA DO PT gaúcho ele foi um dos primeiros a entregar a Loteria do Rio Grande para ser administrada pelo bicheiro corrupto.
O problema no Brasil é que roupa suja do passado, fica na lixeira, e o povo esquece.
Eu aposentei-me com 100%, acabei recebendo 7,5 salários mínimos, hoje recebo 3.
Acordem, esse é o futuro que espera vocês.
E não façam PREVIDÊNCIA PRIVADA PARTICULAR, VOCÊS NÃO VÃO RECEBER.
Para finalizar:
ISONOMIA EU QUERO PARA QUE O POVO BRASILEIRO POSSA VIVER.
bom dia   

Nenhum comentário:

Postar um comentário