Google+ Followers

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

ASSISTAM


quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

TRANSPARÊNCIA


Pois,
Enfatizo que as razões de todas as dúvidas é justamente a falta de informações.
Existem centenas de investimentos na Internet, que são pirâmides, e os incautos caem como patos.
Os slides, as fotos, as contas bancárias, mostradas em vídeos atraem enxames de asnos.
Assim o visual engana as realidades escondidas nas falcatruas.
Em 2002 eu já vislumbrava a decadência do Aerus.
Ainda corre na justiça um processo civil do antigo diretor, por ofensas via internet.
Ele quer tirar-me o único bem que me resta, minha casa.
Sequer, quisera saber que gosto teve os pães amassados pelo diabo que provei e alimentei minha família.
Minha luta teve poucos adeptos.
Todos endeusavam os diretores da VARIG, eram seus crepúsculos de ídolos.
Veio a Intervenção.
Associações e sindicatos realizavam palestras com diretores do Aerus inócuas, onde mentiam descaradamente.
Apresentavam planilhas, cálculos e slides de incompreendidas razões aos leigos.
Em 2006 veio o tombo.
A maioria desesperou-se, e começaram mobilizações em 2011, cinco fatídicos anos depois.
A antecipação de tutela chegou, e vários políticos e sindicalistas aproveitaram-se do momento para alegar suas paternidades.
Todos sabemos que a paternidade é do sistema jurídico.
A falta de transparência continua.
Ninguém nos dá informações alguma.
Falam de acordos, não nos mostram o acordo.
Aliás houveram diversos, sem nos mostrarem seus conteúdos, eram notícias alvissareiras de políticos e sindicalistas, que nada tinham a ver com o instituto.
Qual foi o acordo que fizeram?
Não sabemos.
Os gritos no silêncio de alguns participantes não valem nada, no escondido das atitudes daqueles que nos representam.
Reclamam, mas jamais vi alguém perguntar qual seus conteúdos.
Aqui não se trata do que é meu, ninguém tasca, eu decido.
Trata-se de o que é nosso, nós decidimos.
Jamais o sindicato fez uma convocação de assembleia para escolhermos um representante.
Poderia ser uma associação, a Aprus, ou talvez uma comissão eleita.
Eu pergunto o que tem a FENTAC com os nosso problemas?
O AERUS não é uma ação trabalhista.O sindicato ao promover a AÇÃO CIVIL PÚBLICA, nada mais fez do que sua obrigação constitucional.
É obrigação do sindicato defender os direitos de seus associados, em ações trabalhistas ou coletivas de interesses de partes sindicais.
A toda ação sempre haverá um reação.
Jamais podemos colocar interesses individuais acima dos coletivos.
Certa vez perguntaram ao falecido douto doutor Enéas, qual a finalidade da vida?
Ele respondeu que era o respeito ao próximo, sem coletividade ninguém vive, vegeta.
Muita gente chora suas privações, esquecendo que quase todos vivenciaram essa privações.
Esquecem que muitos morreram durante, e muito hão de morrer antes do final delas.
Não é agouro, é realidade.
Precisamos de transparências.
Evitar mal ditos, falsas informações e unirmo-nos como um feixe de varas.
A vara sozinha é facilmente quebrada.
As ações individuais, só prejudicam o próprio indivíduo.
Não foi a invasão do AERUS, que fortaleceu a decisão do TRF1, juízes não julgam causas por pena, caridade e indolências.
Juízes honestos julgam o que é justo.

"increscunt animi, virescit volnere virtus" 
"O espírito de luta é incentivado pelo poder das feridas"
Essa frase é do prefácio do livro de Nietzsche " O crepúsculo dos ídolos", permitam me colocar uma pequena parte.

Conservar a sua serenidade frente a algo sombrio, que requer responsabilidade além de toda medida, não é algo que exige pouca habilidade: e, no entanto, o que seria mais necessário do que a serenidade?
Nada chega efetivamente a vingar, sem que a altivez aí tome parte. Somente um excedente de força é demonstração de força. - Uma transvaloração de todos os valores, este ponto de interrogação tão negro, tão monstruoso, que chega até mesmo a lançar sombras sobre quem o instaura - um tal destino de tarefa nos obriga a todo instante a correr para o sol, a sacudir de nós mesmos uma seriedade que se tomou pesada, por demais pesada. Qualquer meio para tanto é correto, qualquer "caso", um golpe de sorte.
Sobretudo a guerra. A guerra sempre foi a grande prudência de todos os espíritos que se tornaram por demais ensimesmados, por demais profundos; a força curadora está no próprio ferimento. Uma
sentença, cuja origem mantenho oculta frente à curiosidade douta, tem sido há muito meu lema:
"increscunt animi, virescit volnere virtus."
Uma outra convalescença, que sob certas circunstâncias é para mim ainda mais desejável, consiste
em auscultar os ídolos... Há mais ídolos do que realidades no mundo: este é o meu "mau olhado" em relação a esse mundo, bem como meu "mau ouvido"... Há que se colocar aqui ao menos uma vez questões com o martelo, e, talvez, escutar como resposta aquele célebre som oco, que fala de vísceras intumescidas - que encanto para aquele que possui orelhas por detrás das orelhas! - para mim, velho psicólogo e caçador de ratos que precisa fazer falar em voz alta exatamente o que gostaria de
permanecer em silêncio...
Também este escrito - o título o denuncia - é antes de tudo um repouso, um feixe de luz solar, uma
escorregadela para o seio do ócio de um psicólogo. Talvez mesmo uma nova guerra? E novos ídolos são auscultados?... Este pequeno escrito é uma grande declaração de guerra; e no que concerne à ausculta dos ídolos, é importante ressaltar que os que estão em jogo, os que são aqui tocados com o martelo como com um diapasão, não são os ídolos em voga, mas os eternos; - em última análise, não há de forma alguma ídolos mais antigos, mais convencidos, mais insuflados... Também não há de forma alguma ídolos mais ocos... Isto não impede, que eles sejam aqueles em que mais se acredita; diz-se também, sobretudo no caso mais nobre, : que eles não são de modo algum ídolos...
Turim, 30 de setembro de 1888, no dia em que chegou ao fim o primeiro livro da Transvaloração de todos os valores.
Friedrich Nietzsche

Para finalizar sugiro a leitura.
Bom dia
Fui.
link para o livro:
https://veele.files.wordpress.com/2010/02/crepusculo-dos-idolos.pdf



segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

AME-0 OU DEIXE-O

Pois,
Impasse é uma situação sem controle.
Não podemos falar de parlamentarismo com um congresso corrupto.
As ações de colocar apaniguados corruptos nos ministérios pelo presidente, lembram o pseudo parlamentarismo do segundo império brasileiro.
Poucos devem saber, mas Dom Pedro II sofreu um golpe legislativo tal e qual sofreu Dilma.
Em ambos os casos o parlamento corrupto prevaleceu.
Não sou militarista, mas tanto a revolução de 1930 quanto a de 1964, foram militares.
Pior que isso foram nosso melhores anos.
Nosso presidencialismo não é igual ao americano, é apenas um pseudo parlamentarismo às avessas.
Não elegemos parlamentares, apenas mitomaníacos corruptos.

Nosso sistema jurídico não é romano nem "common Law" americano.
Aqui permanece o direito dos manos desde o Império.
O sistema jurídico americano é o mais econômico e o mais justo, mesmo cometendo injustiças.
Nosso sistema jurídico é para apaniguados.
Fazem-se tribunais para justiça do trabalho.
Fazem-se delegacias para menores e mulheres.
Fazem-se leis para cumprir-se leis, tais como:
Homofobia, racismo, feminicídios, idosos e adolescentes.
Nosso país tem 3 vezes mais pessoas no judiciário que os americanos.
Cágados andam mais depressa que nosso processos.
Enquanto a suprema corte americana julga somente processos federais, nosso STF julga até hábeas corpus de criminosos comuns.
Na América criminosos presos em flagrante não tem direito à apelações.
Aqui condenados em segunda instância recorrem ao supremo.

Não podemos fechar as empreiteiras da corrupção, serão milhares de desempregados e centenas de obras paralisadas, temos de fiscalizá-las depois de licitadas.
Em países honestos investigados por corrupção pedem demissões de seus cargos.

A mitomania brasileira produz boatos e fofocas.
Tem alguns imbecis que pedem a volta da monarquia.
Ora, vivemos a monarquia do executivo e a complacência legislativa com apoio do judiciário.
Três poderes distintos é uma mentira da porra.
Precisamos de novas leis trabalhistas. Àquelas que os empregados acordam com seus patrões.
Precisamos de novas posturas previdenciárias, dando igualdade a todos os cidadãos do país.
Agora em minha opinião todo e qualquer serviço que a idade interfira nos seus julgamentos profissionais, tem de ter aposentadorias antecipadas. Militares, policiais civis e militares de combate à criminalidade e à defesa do país não podem fazê-las aos 65 anos.
Temos a classe de aviadores, que não podem mais comandar aeronaves aos 65 anos.
Porém não é justo um sujeito ganhar 2 aposentadorias do erário.
Enquanto sindicatos americanos administram fundos de pensões e protegem seus afiliados, no Brasil são tentáculos de partidos políticos roubando trabalhadores.
Aqui há federações de sindicatos dos sindicatos.

O impasse está posto.
Somente podemos mudar pela força ou voto.
Como ninguém nesse país quer ser herói, convocam as forças armadas.
Os corruptos se defendem com as associações criminosas, provocando a desobediência civil.
Ou nos associamos ao PCC, ou voltamos ao velho lema:
AME-O OU DEIXE-O.
fui...


quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

CABELUDO DE NÃO SABER

Pois,
Adoro ver as pessoas citarem personagens da história como se fossem deuses mortais, ou ídolos de edeologias baratas.
Dois personagens da história nunca escreveram nada, talvez porque não sabiam escrever, ou nunca existiram. Jesus cristo e Sócrates tem suas vida cantadas e enaltecidas, um por Platão, outro por diversos ditos apóstolos, que não conseguem contar metáforas ou histórias parecidas.
Falar de Sêneca que foi conselheiro do aloprado imperador Nero.
Gandhi cujas amizades nazista não são comentadas.
Karl Mark que copiou as comunas das reduções jesuíticas católicas do século XV.
Não vejo um muçulmano radical ter as atitudes de Saladino, hoje esses agem como a Igreja católica durante a inquisição e as cruzadas.
Não vejo e acho engraçado que vira e mexe na bosta todo mundo cita Hitler.
Qual a história da ascensão de Hitler ao poder.
Ninguém se interessa.
Criticam seus erros, claro que que são terríveis, mas esquecem justamente de todo o processo de sua ascensão.
As multas impostas e os acordos pós primeira guerra impuseram ao povo alemão pobreza, fome e exílio na Europa.
Os judeus tinham permissão para viajar para onde queriam.
Sua maioria trabalhava em bancos e instituições públicas, ou tinham seus próprios negócios de exploração.
A Alemanha estava proibida de ter acesso irrestrito ao Petróleo e outros benefícios dos países vizinhos.
Um empregado alemão necessitava de um carrinho de mão para carregar seu salário.
Não havia bens disponíveis no mercado.
Em 1923 os preços aumentaram 452.998.200 de vezes.
Para imaginar digamos que 1 litro de leite de 2 reais, custasse 1 ano depois 905.996.400,00 reais.
A Alemanha sobreviveu baseada nos sistema FAIR TRADE.
Chegou um dia que a passagem de bonde custava 1 bilhão de marcos.
Hjalmar Schacht salvou a Alemanha.
Passaram a usar o carvão como fonte de gasogênio.
Construíram empresas sólidas.
TECNOLOGIA, SEM PEDIR NADA A NINGUÉM;
SANÇÕES CRIMINOSAS
Um povo morrendo de fome e frio
Algum filho de uma puta vai dizer que isso não inocenta Hitler, mas inocenta um povo.
Quando a Alemanha seguia seu rumo Hitler era a salvação.
Usou os judeus como escudo.
Fizeram aviões mais modernos, submarinos e navios com alto poder ofensivo, tanques de guerra poderosos, sem o auxílio de ninguém.
Teriam a bomba atômica primeiro que o chamado primeiro mundo.

Agora no Brasil durante nossa época mais brilhante economicamente, colocamos como PRESIDENTE um HITLER ÀS AVESSAS.
UM HITLER QUE DESTRUIU O PAÍS.
SEM NACIONALISMO, SEM PATRIOTISMO, UM IDIOTA QUEBROU O PAÍS, SEGUIDO CEGAMENTE POR SERES HUMANOS IMBECIS POLITICAMENTE CORRETOS.
O PECADO DE HITLER FOI original, o pecado da mula nordestina de Garanhuns 
foi mortal.
Deixem os americanos decidirem o que é melhor para eles, já que aqui nós escolhemos sempre o que é pior para nós.
Eu costumo afirmar a lei de Emílio(meu avô):
- O que a boca fala o CU paga.
Hjalmar Schacht é pai falecido do plano real de 1994.
Eu me sinto cansado de FDM ou favores de merda.
Não quero fila especial, ou passagens de coletivos gratuitas, quero saúde e segurança, e poder retirar os muros e as cercas eletrônicas de nossas casas.



segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

A gran puta que los pario!

Pois,
Adoro começar com pois.
É um erro crasso na língua portuguesa.
Porque cometê-lo?
Pelo simples fato de ser incorreto.
Trump ou Temer, qual escolher?
Trump significa TRUNFO.
Eu adoro jogos com trunfos:
Canasta, Sueca, Espadas, Truco, Bridge;
Bridge é o máximo que se pode ter num jogo de TRUNFOS.
A política é um jogo de trunfos.
Os politicamente corretos, pois, são os grandes medos das políticas  supostamente incorretas.
Para esse párias sociais, discriminar é incorreto.
O indivíduo é fruto do meio.
Então façamos alguma considerações.
Para esta casta altamente seletiva, é correto extirpar os clítoris das mulheres muçulmanas.
Porém a circuncisão judaica uma agressão aos pequeninos.
Para eles a CHINA não é nacionalista, é democrática, mas o TRUNFO é homofóbico e discriminador.
Para eles enfermeiros de quinta categoria formados em Cuba são excelentes médicos, mesmo sabendo que para Cuba formar o mesmo número de médicos que nossas faculdades formam por ano, eles levariam 10 anos.
Sem mudar o foco, falamos de economia.
Essa casta de politicamente corretos detesta o capitalismo.
Esquecem os imbecis que existem somente duas maneiras econômicas no mundo.
Ou você trabalha, produz e vende ou compra. 
Ou você troca por suas necessidades.
Para trocar você tem que produzir ou trabalhar.
O fundamento principal da democracia desde a Grécia antiga é a previdência social, alguém tem que sustentar os idosos quando já não podem mais trabalhar.
O mundo é sustentado pela hipocrisia.
Enquanto os homens dizem adorar masturbarem-se assistindo o velcro, duvido que uma mulher o fizesse numa relação homo afetiva entre homens.
Não tenho nada contra essa relações, afinal esses intercursos sexuais, não muito profiláticos, são opções pessoais, e cada um opta por seus desejos.
Mas a casta quer que eu os julgue corretos.
Pois, me julguem, eu não acho.
Quem quiser ser, seja.
Não me obriguem.
Os portugueses nos escravizaram durante 389 anos.
Há 27 anos nos tornamos escravos dos chineses.
Os americanos são livres desde 1776, isso dá nojo e asco aos corretos.
Brasileiro conta vantagem quando tem um passaporte de outra nacionalidade.
Agora podemos falar de xenofobia.
Ela reina no Brasil.
É sul contra norte, nordeste contra sudeste,esse contra aquele, uns contra os outros, como se tivéssemos fronteiras.
Gaúcho é sinônimo de gay, nordestino de vagabundo, mineiro de vagaroso, carioca de malandro e paulista de trabalhador. Não são brasileiros.
Esse separatismo vem de longe.
Pois, não somos patriotas nem nacionalistas.
Os TRUNFOS não podem burlar as regras do jogo.
Então não há o que TEMER.
Porem aqui no Brasil sempre há o que TEMER.
Pois os medos podem passar por cima das leis e da constituição.
Foram esses medos que tornaram a mula retirante de Garanhuns o maior estelionatário do Brasil.
Uns possuem neurônios, outros feromônios no cérebro.
Não vejo nenhum "merda" reclamar da divisão de castas na Índia e nos países africanos.
Sem falar que no Brasil, há 3 delas:
A política, a dos politicamente corretos e a dos conformistas.
Quando estávamos esperando decisões judicias para nós, haviam centenas de pichadores nos sites, e nas mídias sociais.
Os poucos que restam, hoje em dia são os que não foram beneficiados pelas liminares.
Meus problemas resolvidos, os outros que se foram não importam.
Reconheço que Nietzsche fez escolas, mas os alunos desconhecem o professor.
O TRUNFO TEM TUDO QUE EU ADMIRO.
QUANTOS MAIS NA MÃO MAIS FÁCIL DE VENCER.
O que mais admiro no BRIDGE é que ele, o TRUNFO é posto em leilão.
Vence o leilão a aposta mais alta, isso é DEMOCRACIA.
Como eu adorava meu falecido avô, encerro com uma frase dele:
Gran puta que los pario, que comam as favas os politicamente corretos.
Fui... 








sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

A SAÚVA...

Pois,
Desde 1988 perdemos...
- A maior biblioteca brasileira está morrendo...
- O maior zoológico do Brasil já morreu...
- O MAIOR ESTÁDIO DE FUTEBOL DO MUNDO ACABOU...
- Não passa um dia sem que haja um turista assaltado ou morto na subida do Corcovado...
- Ninguém pode entrar numa comunidade sem levar um tiro de fuzil...
- Invadem domicílios e assassinam seus moradores no meio de suas vilas...
- Homens matam mulheres por amor alegando supostas traições,e saem das delegacias com altivez sem repúdio...
- Mães matam filhos...
- Filhos matam pais...
- Estrupam velhas e crianças...
- O samba morreu para o funk...
- Em vez de autores temos MC(merda de cerimônias)...
- Alunos agridem professores...
- Fazem passeatas para destruir patrimônios públicos e privados...
- Invadem fazendas, matam o gado e destroem plantações...
- Índios cobram pedágios...
- Políticos associam-se a facções criminosas...
- O mosquito voltou a ser flagelo de pois de 60 anos...
- Há imbecis que revivem a mentira de FHC quebrou o Brasil...
- Na terra de Bilac, "meu pau te ama" virou poesia...
- Chacina de presos por presos, torna-se viral e vira direitos humanos...
- 60000 mil assassinatos, 60 mil mortes no trânsito, 100000 mortos no sistema único de saúde, direito dos manos...
- Confederações, federações, e sindicatos se locupletando com o dinheiro de trabalhadores...
- Políticos de 11000 reais por minuto trabalhado, e trabalhadores de pouco mais de 900 reais por mês...
 Brasília é uma terra de SAÚVAS, ou O BRASIL ACABA COM ELAS, ou elas acabam com o Brasil...
Em vez de três poderes temos quatro...
EXECUTIVO
LEGISLATIVO
JUDICIÁRIO
E PRESIDIÁRIO...
Aqui políticos construindo Brasília...

Resultado justo..
FUI...

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Ah! os erros e os pecados

Pois,
Há erros e  pecados.
Bem absolvição não existe, ninguém nem qualquer deus pode absolver nossos erros e pecados.
Nós não podemos nos absolver pelos nossos erros e pecados, podemos reparar alguns erros, talvez alguns pecados, mas a culpa será até depois da morte.
O criminoso mesmo após cumprir pena e obter indulto, sempre pagará pelo seu pecado resignadamente, se não o faz, retorna ao crime e castigo.
Convivemos com nossos erros e pecados pelo restante de nossos dias, e carregaremos o estigma de tê-los cometidos para além de nossos túmulos.
Nenhum deus nos condenará, nenhum demônio nos castigará.
Nossos filhos estarão marcados por nossos erros, assim como a sociedade nos culpa pela escravatura e destruição indígena, apenas pela cor de nossa pele branca, mesmo que 90% desses brancos de pele, sejam oriundos de miscigenações confusas do passado, mesmo que nenhum de nossos antepassados tenha vivido na época da escravatura ou das capitanias hereditárias.
Qual a culpa do alemães de hoje pelos crimes de Hitler?
Carregam o estigma.
Porque os muçulmanos de hoje não conseguem carregar o estigma de Saladino?
Porque devo eu carregar os estigmas de Jesus Cristo ou Maomé?
Isso nos prova que não existe absolvição de erros e pecados.
O passado corrói a mente dos que se acham impolutamente corretos.
E cometem os pecados de julgar inocentes descendentes pelos erros de seus parentes já mortos e eternamente estigmatizados.
Filho da puta sempre será filho da puta.
Filho de criminoso sempre será criminoso.
Creio que o estigma é mais racista e discriminatório
que o os próprios conceitos.
O preconceito imbecil estigmatiza e criminaliza as pessoas.
Ninguém pode redimir os pecados, nem reparar os erros, sem começar de novo.
No caminho dessas hostilidades ignóbeis, não existe perdão.
Somos todos descendentes de Barrabás ou de Pôncio Pilatos, somente conseguimos observar os erros do passado sem expiar os que cometemos.
Esse é o pior dos infernos, nem Dante o descreveu.
bom dia...

domingo, 11 de dezembro de 2016

PROTESTAR PARA QUE?

Pois,
Há mais de 10 anos, este que escreve  algumas palavras de protesto,vez por outra, encontra-se cansado pelas repetidas e permanentes opiniões  que penso pertinentes.
Já escrevi sobre essa nossa constituição de bosta, que não passa de uma carta de direitos aos privilégios dos políticos, juízes e promotores de justiça do Brasil.
Nossos advogados brasileiros sentem-se como brâmanes numa terra de párias.
A constituição imperial de 25 de março de 1824. garantia esses direitos ao Imperador, aos senadores que eram vitalícios e aos usuários da toga.
Essa nossa pátria sempre foi de capitães hereditários, patriarcal e substituíram o coronelismo pelas máfias partidárias.
Diógenes de Sinope saia às ruas de Atenas com sua lanterna, a procurar um político honesto, há mais de 2000 anos.
Como pode haver no sistema jurídico presunção de inocência?
Quando a presunção de um fato conhecido, pode nos levar aos fatos desconhecidos. 
Gostaria de argumentar sobre a idade.
Tenho 65 anos, sou inapto a empregos, justamente pela idade.
Depois de 50 anos em nosso país, você está condenado a informalidade.
No entanto pode ser um juiz do Supremo Tribunal Federal até os 75 anos, mesmo tendo mal de Parkinson ou usando muletas.
Como velhos senis, podem ser juízes, senadores ou presidente e governadores com mais de 75 anos?
Sempre comparei ao filme "O Poderoso Chefão", são mafiosos.
São quadrilhas organizadas em forma de partidos políticos.
Sendo mais implícito, trocamos a máfia petista pela Yakusa do PMDB.
A máxima fica comprovada nós trocamos sempre o penico, mas colocamos de volta as mesma merdas.
Não consigo vislumbrar no futuro, nada que valha a pena, para dar um toque de liberdade e democracia em nosso país, enquanto os párias ficarem lutando para transformar o politicamente correto como dogma ideológico.
Povo inútil luta por direitos humanos, e não decifra o enigma do sobre os brâmanes e párias.
Você negro que luta por cotas.
Vocês homossexuais que lutam por cartilhas.
Vocês professores que lutam por partidos socialistas nas escolas.
Vocês são párias da sociedade como eu.
Não enxergam que PT, PMDB, PSDB, Pc do B e outras siglas de patifes são todos mancomunados, tudo junto no mesmo quadrado.
São quadrilhas mafiosas.
Vocês não enxergam que as comissões  no congresso não servem para nada, apenas para insuflar os egos de Ongs, sindicatos e União de estudantes.
Os brâmanes cagam e andam para suas passeatas.
Aqui não há patriotas, ou nacionalistas, nem socialistas ou liberais, apenas loteadores do esquema.
A maioria é prostituto do sistema, onde os proxenetas se locupletam. 
Nosso estado não islâmico é enlameado de bosta.
As igrejas, os bispos e pastores, são carrapatos nos sacos dos políticos.
A mídia paga com nossos impostos plantam as mazelas que lhes são impostas a contar.
Para finalizar vou comentar sobre o acidente da Chapecoense.
Um FDP cometeu o assassinato de 71 pessoas, mas querem condenar a funcionária de despacho de voo que não tinha autoridade de proibir o voo, mas quando o controle erra e coloca dois aviões em rota de colisão, a culpa é dos pilotos.
Ainda não sei vou fazer mensagem de ano novo, aqui ficaram tão preocupados com a eleição do TRUMP, que ainda não prenderam e condenaram a mula retirante de Garanhuns.
Fui...


quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

SENTIMENTOS

Pois,
SENTIMENTO É UMA PALAVRA REFENTE AO QUE SENTIMOS COM NOSSOS SENTIDOS.
SENTIMENTOS são os nossos 5 sentidos.
A dor não é um sentimento é uma atividade sensorial do TATO transmitida ao cérebro em forma de uma hipersensibilidade localizada, a febre é uma rejeição sensorial que esta região hipersensibilizada está tentando ser curada por nossos anticorpos.
O sistema límbico do cérebro processa os sentidos e os transforma em emoções. Amor, ódio, aversão, felicidade, tristeza ou sofrimento entre tantos, não são sentimentos, são emoções produzidas pelos nosso sentidos. 
Uma pessoa que nasce cega, tem emoções diferentes daquela que fica cega.
Para delinear com certa habilidade estas informações, vejam a diferença entre sentir amor e estar em amor, invés de sentirmos saudades, na realidade estamos em saudades. O fato relevante é que os sentidos estão sempre em alerta, não sentimos o medo ficamos ou estamos com medo, é impossível ficar alheio aos sentidos, mas é possível haver troca do estado das emoções, assim o amor transforma-se em ódio, ou o medo em valentia.
Uma pessoa não é submissa, ela está submissa.
O fato de uma pessoa amar uma pessoa incondicionalmente mesmo sem ser correspondida não é um sentimento, é uma obsessão, pois ela pode deixar de amar se assim o quiser. Se não o faz, está doente.
Não sentimos o abandono, estamos em abandono, mas isso não quer dizer que não possamos encontrar outra companhia.
Certas emoções são criadas por nós, como o sofrimento.
Ora, dirão que o doente sofre, não é verdade, o doente tem aversão ao seu estado, a dor é um reflexo sensorial, que pode ser tratada com a medicina.
Estar feliz é estar de bem com seus sentidos, estar infeliz é transformar suas emoções em reações adversas a você mesmo.
Querer o mal torna qualquer um infeliz, querer o bem traz sempre felicidade.
Isso não nos impede de mandar alguém comer tomate crú.
bom dia

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

BUFFY

Pois, 
Aos dias de hoje, não consigo entender a ideia fixa que tem os analistas políticos, os jornalistas e o povo, de que tudo que acontece num país presidencialista é culpa do PRESIDENTE.
Se vivêssemos, uma monarquia absolutista ou uma ditadura de direita ou esquerda, talvez pudéssemos ter essa obviedade.
Num regime presidencialista isso não é óbvio.
Certo jornalista publicou que como podem os americanos dar os códigos nucleares pra Donald Trump.
Santa ignorância!
Numa democracia o presidente não tem poder absoluto.
O presidente é DECORATIVO.
Ele não faz leis, nem medidas provisórias, nem projetos de emenda à constituição.
Ele não VETA por seu bel prazer.
Tudo é uma reação em cadeia, provocada por economistas, ministérios e as cabeças pensantes dos partidos que tutelam a presidência.
Isso mesmo a presidência de um país democrático é TUTELADA.
O povo culpa a búlgara, o retirante nordestino ou o vampiro libanês, pelo desgoverno brasileiro.
Pois, lhes digo:
São inocentes úteis que vivem de propinas.
A luta entre as ideologias partidárias é sempre destruir as boas ideias dos adversários. Kadafi escreveu isso em seu "LIVRO VERDE".
Nossa mídia é corrupta  porque suas grandes fontes de renda são o governo e nossas estatais.
Cito por exemplo o Banco do Brasil, a Caixa Econômica Federal, os Correios e a Petrobrás, que são monopólios e não precisariam patrocinar clubes esportivos, nem propagandear-se em horários nobres dos canais televisivos, nem imensas páginas em jornais e revistas.
Se deus escreve corretamente em linhas tortas, os políticos conseguem escrever torto em linhas corretas.
Fico até admirado quando a esquerda chama outra esquerda de oposição.
Porém há uma explicação plausível a esquerda que se encontra à esquerda que roubava e corrompia a tudo e todos, faz oposição à esquerda que se encontra à direita hoje em dia, posto ocupado pela outra, outrora, quer roubar e corromper como sempre foi nesse bordel que é o congresso nacional.
A proclamação de nossa república foi um projeto enganoso, arquitetado contra um velho doente, destituído da presidência meses depois, foram dois golpes políticos em poucos meses.
De lá pra cá, a corrupção reinou democraticamente.
Em 1988 copiaram a constituição de 25 de março de 1824, para se eternizarem no poder.
As ideologias são tão indecentes, que partidos de mesma ideologia, se dividem em siglas minoritárias, para degustarem pequenas fatias do bolo do erário público.
Os imbecis invadem suas escolas e faculdades, as empresas que trabalham, destroem franquias de brasileiros, só porque tem nomes estrangeiros, queimam os coletivos que necessitam para suas próprias necessidades, depredam o patrimônio público que pagarão seus consertos, e chama isso de ocupação e protesto.
São assaltados e assassinados nas ruas, ficam clamando por justiça.
Somente quem cumpre seus deveres e obrigações pode pedir justiça.
Somente pode pedir liberdade quem respeita a liberdade dos outros.
O poder não corrompe o homem, é o homem que corrompe o poder, mas nunca pode fazê-lo sozinho, é necessário uma gangue.
Nossos partidos políticos são a própria anarquia.
O Brasil não tem presidente, nunca teve presidentes, sempre foram parte de associações criminosas.
O povo está enterrando o Brasil, na boca do inferno.
Relembrando o seriado "Buffy, a caçadora de vampiros" aqui ela está morta.
bom dia