sexta-feira, 16 de outubro de 2009

O Senado da República


“O comportamento do senador está fora do padrão ético que um parlamentar deve ter. O Senado vem num processo de restabelecimento. O Senado vem num processo de restabelecimento da imagem perante a opinião pública e o senador, com uma manifestação desta, põe tudo por terra”.


A fala é do senador Romeu Tuma (PTB-SP), corregedor do Senado, ao informar que abriu um procedimento preliminar para avaliar se o seu colega Eduardo Suplicy (PT-SP) quebrou o decoro ao desfilar no Senado com uma cueca vermelha por cima da calça, a convite da apresentadora Sabrina Sato, do programa Pânico na TV.

2 comentários:

  1. Stenio,

    Será que o Senador Suplicy tem massa cinzenta? Parece que o seu cérebro é um flúida geléia de infantilidades.

    Não vivemos em São Paulo, mas as conversas que ouvimos da família do Senador Suplicy são terríveis. Da Marta Suplicy, quando prefeita, das suas ligações com o urso argentino, chamado Frave e que era mantido com salários de R$ 20.000,00, simplesmente para cumprir um papel de Dom Juan, conseguido por Lula.

    O Senador é um ingênuo e sem maturidades, essencialmente, na atividade política e não deveria ser Senador.

    A vida sexual é dele. Mas o cargo deve ser do povo.

    O povo aumenta, mas não inventa!

    Att. Madeiro

    ResponderExcluir
  2. São os absurdos que esses políticos sem decoro transmitem, zombando de nós que os elegemos, uma vergonha total.
    Abraços forte

    ResponderExcluir