quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Talvez nosso único aliado: TCU

BRASÍLIA - O plenário do Tribunal de Contas da União (TCU) aprovou nesta tarde, por unanimidade, a realização de uma investigação sobre o vazamento da prova do Enem, ocorrido na semana passada.



A medida foi apresentada pelo ministro José Jorge e tem como objetivo não apenas checar os problemas que levaram ao vazamento da prova, mas também verificar as opções adotadas pelo Ministério da Educação (MEC) para a reorganização do Enem 2009.



A investigação a ser aberta pelo TCU ainda não tem prazo para ser concluída. Será iniciada a fase de levantamento de informações sobre a responsabilidade pelos custos adicionais que o vazamento da prova provocou, bem como os motivos que levaram ao fracasso do exame.



No pedido, o ministro José Jorge diz que "é preciso verificar, por exemplo, se o MEC se cercou de garantias contra eventuais falhas na execução contratual".

Estadão

Nenhum comentário:

Postar um comentário