sábado, 12 de setembro de 2009

A TROCA

-Hoje não vou escrever de política vou, decifrar fatores econômicos simples e evidentes no mundo todo.
A mais antiga moeda do mundo é a "TROCA" ela é tão simples que não precisa de troco.
Alguém de sã consciência acredita que o PIB cubano seja de 6000 dólares "per cápita"?
Um país que reclama do bloqueio americano, e cresceu 5% ao ano durante 4 anos na década de 90. Em 2006 cresceu 12%, e em 2007 7,3% enquanto nosso imenso Brasil crescia, 1 ou 2 porcento.
No viés da história há algumas mentiras nisso.
Alguém acha realmente que IDH cubano é maior que o do Brasil?
Em 2008, Cuba sofreu com a devastação causada por três furacões.
Os danos totais foram de quase US$ 10 bilhões, 20 % do PIB. Seria necessário de três a seis anos para a economia recuperar-se, e mesmo assim o governo disse que o crescimento da economia em 2008 foi 4,3%. O IDH é um índice diretamente proporcional ao PIB per cápita do país.
Como pode um país cujos trabalhadores ganham no máximo entre 20 a 80 dólares por mês, proclamarem uma renda per cápita de 6000 dólares.
Ou alguns naquele país ganham muito, ou o PIB declarado é errôneo.
As organizações mundiais não conseguem acesso a metodologia de cálculo do PIB cubano, mas sabem que o governo soma os gastos com educação, saúde e esportes no superávit do PIB cubano.
Voltando ao assunto a "TROCA", eu acho que todo o estudante universitário brasileiro deveria pagar pela gratuidade de suas formações universitárias ao governo com serviços gratuitos.
Dou como exemplo os médicos, advogados, engenheiros, que deveriam doar pelo menos 5 anos de serviços obrigatórios ao governo após suas formações, com valores salariais decentes.
Qualquer profissional da área da saúde no Brasil é um mero diletante.
Eu afirmo que apesar de propagandas enganosas, no mundo todo.
O Brasil tem uma medicina pelo menos 20 anos à frente da cubana.
Meu vizinho gastou 30000 dólares em Cuba, com a falsa verdade da cura do vitiligo, obrigado a ficar hospedado na ilha por 90 dias, voltou para casa, mais doente, adquiriu diabetes, e continuou com vitiligo.
Pior, vai processar quem na ilha, pela falsa cura do vitiligo e por ter adquirido diabetes?
Não trocaria meus parcos recursos do SUS no Brasil por nenhum médico Cubano e nenhuma vacina produzida naquele país.
Opinião minha, e de meu vizinho.
Muitas coisas sobre a Ilha cubana são falácias, há também muitas verdades.
Creio que exista um motivo muito simples para que Fidelito não tenha entregado seus governo ao povo, o orgulho e a locupletação monetária dos membros do partido comunista, que viajam pela América latina, com diárias abastadas, usufruindo as benesses do mundo capitalista, fazendo propaganda do regime burlesco e mambembe de seu governo.
Afinal isso também é uma "TROCA".
Eu não trocaria minha dignidade, liberdade, ética e moral nesse sentido, faria como fazem os atletas cubanos, e os grandes heróis da travessia para Miami, se o país não lhes ama, deixem-no.
bom dia










2 comentários:

  1. Concordo inteiramente com a questão do ensino público pago. Com isto, não quero dizer que as faculdades tenham que ter mensalidades, mas que o profissional retorne à sociedade um pouco do muito que ela investiu nele. E não precisa ser gratuito, não! Pode - a até deve - ser pago decentemente, mas com a definição de onde e quando, por parte da sociedade. Não faltariam médicos, veterinários, agrônomos, engenheiros em lugar nenhum do País.

    Acabariam os fajutos sistemas de cotas, pois o ensino público gratuito seria utilizado por quem precisa e por quem gostaria de contribuir com a sociedade.

    ResponderExcluir
  2. Senhor PoPa,
    Muito difícil de agregar opiniões com as minhas, desde já agradeço.
    Essa premissa é utilizada muito na América do Norte, os bolsistas tem obrigação de prestarem serviços ao estado e muitas vezes no conglomerado das universidades, exercendo serviço social.
    Já escrevi em tópicos sobre a reforma agrária brasileira, era só acabar com o INCRA e o ministério da reforma agrária e investir o dinheiro desses dois na compra de terras para assentamento.
    Existe um facismo cultural universitário, e um liberalismo comercial na reforma agrária.
    Detesto IDEOLOGIAS, ELAS NÃO SÃO REACIONÁRIAS SÃO CRIACIONÁRIAS.
    Não comento escândalos midiáticos porque um é para soterrar outro, efeito "rumbling".

    Meu comentário acima é pra provar que o PIB cubano e seu IDH são falácias midiáticas.
    Assisti um comentário que não gripe H1N1 em Cuba, claro não há transparência no governo.
    O Brasl é campeão dessa gripe porque pela primeira vez os médicos se concientizaram em relatar os casos occoriidos.

    QUANTO O SITEMA DE COTAS, É INCONSTITUCIONAL, ASSIM COM QUALQUER ASSOCIÇÃO DE ETNIAS NO BRASIL.

    MAS COMO O GOVERNO NÃO CUMPRE A CONSTITUIÇÃO, O POVO PODE FAZÊ-LO.

    ResponderExcluir