terça-feira, 18 de agosto de 2009

MAIS MENTIRAS: O DIPLOMA DE MERCADANTE!


O senador Aloizio Mercadante (PT-SP) também pode nos espantar pela capacidade de sobrepor uma inverdade à outra. Tentando responder ao fato óbvio de que as informações sobre o currículo de Dilma eram mentirosas, resolveu atacar o currículo do governador José Serra. Falo disso em outro post. Referindo-se a si mesmo, afirmou o senador: “Eu mesmo pus no meu currículo que era MESTRANDO e saiu lá MESTRADO”. Como se nota, teria sido só um engano, cometido por assessores, naturalmente. Aliás, há sempre gente na periferia do senador praticando desatinos sem que ela saiba. Lembram-se de seu homem de confiança, envolvido com os aloprados, carregando a mala de dinheiro? Mercadante não sabia. Mas voltemos ao currículo. Errado!!! Mercadante está faltando com a verdade. De novo!

No seu currículo, constava que era DOUTOR, não mestre. E ele nunca foi. E o “erro” não estava só no papel, não. Num debate eleitoral da TV Gazeta, em 2006, quando disputava o Governo de São Paulo, ele próprio disse, de viva voz: “Fiz mestrado e doutorado [em economia] na Unicamp”. Ele falou. Não foi nenhum assessor que falou por ele. A Gazeta deve ter a fita. No dia 16 de agosto de 2006, há três anos, escrevi um post a respeito. Destaco um trecho:

No debate da TV Gazeta, aquele que ninguém viu - ou quase, hehe -, o candidato do PT ao governo de São Paulo disse: “Fiz mestrado e doutorado [em economia] na Unicamp”. Ops! Não fez, não. Vai ter de mostrar o canudo. Mas, para mostrar, terá de fabricar um primeiro. Busquem lá as informações na universidade: ele até acompanhou algumas aulas do doutorado, mas, como não apresentou a tese, foi desligado do programa. Vaidoso que é, até pode se considerar um doutor honorário - em economia ou no que quer que seja (ele sempre fala com igual convicção sobre qualquer assunto, especialmente os que desconhece). Mas doutor em economia pela Unicamp, ah, isso ele não é.

Mercadante, a exemplo de Dilma Rousseff, teve de corrigir o seu currículo. Como já escrevi aqui certa feita, o petismo é mesmo engraçado: quem não tem diploma se orgulha de não tê-lo; quem se orgulha de tê-lo não o tem.


por Reinaldo Azevedo

Veja.com

2 comentários:

  1. O depoimento da Lina foi fantástico. Mas bárbaro mesmo foi o ato falho do Mercadante. Chamar a Lina de Dilma não tem preço.

    ResponderExcluir
  2. 2010 VEM AI, “ELEJA, NÃO REELEJA”, Vamos limpar o Congresso, aquele show de horrores, com CPIs terminando em pizza, deputados e senadores arrogantes, acobertando uns aos outros. Os atuais deputados e senadores sabem o que ali acorre, porem sao coniventes! Alguns criticam seus pares, mas falta coragem. Lamentável porque precisamos de HOMENS QUE MORALIZEM AQUELAS INSTITUIÇÕES. Caranovanocongresso.blogspot.com

    ResponderExcluir